Stranger Things (com Spoilers) | SAC X

Pegamos nossas bicicletas, estilingues, guloseimas, livros e dados de RPG e embarcamos rumo aos anos 80, desbravando florestas escuras, enfrentando monstros, dimensões paralelas, clichês e referências pop… nesse bate papo regado de SPOILERS sobre a série STRANGER THINGS.


Siga no Twitter:

Jabazetes:
– Canal da Mikannn no YouTube goo.gl/ViKnxx
– Overkill Podcast overkill.com.br/

Seja um Patrão do Super Amibos:
– PATREON: www.patreon.com/superamibos

Acompanhe o Super Amibos:
– Facebook: www.facebook.com/superamibos
– Twitter: twitter.com/superamibos
– Site: www.superamibos.com.br

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone
  • Samanta Miranda

    Eu não sei porque, mas Strange Things me fez lembrar daquele jogo de SNES dos Animaniacs que os irmãos iam de set em set e depois os filmes meio que se misturavam. Foi uma das únicas séries que eu maratonei, e mesmo sendo de 92, ainda assim consegui pegar a vibe de nostalgia e ambientação muito bem.

  • Bruno Vox

    Oieeeeeeee, SPOILERRRRRRRRRRRR

    Só passando para falar que a morte do cozinheiro não foi desnecessária. Não era só levar a garota, ela iria reagir, como reagiu, foi uma queima de arquivo necessária. Agora, furo de roteiro foi não ter acabado com a vida do xerife, o cara entrou lá dentro, viu coisa que não podia e continuou respirando.

  • Dudley_o_Boxista

    Olar. Gostei das discussões no podcast, ficou bem interessante. Eu também sou um dos que gostou, mas ainda não encontrei nada que eu achasse tão incrível na série, mas sim, é uma série bem bacana. Uma das coisas em que discordo de vocês é sobre o Steve, achei a redenção dele muito… repentina. Ele é babaca o tempo todo e depois de tomar umas porradas e ouvir os amigos igualmente babacas, ele do nada vira o cara que quer ser legal. *Spoilers de Until Dawn* Um exemplo de uma redenção mais bem trabalhada é a do Mike do Until Dawn, que no começo era um dos mais babacas pra mim, mas com o passar do jogo fui vendo ele sofrer e além de começar a ter mais empatia o próprio Mike foi se tornando mais uma espécie de herói. *Fim dos Spoilers*.

    Concordo com o Márcio sobre a cena do pulo, efeitos ali foram bem tristes. Sobre o formato do Netflix, eu prefiro assim com todos episódios, apesar de não rolar as teorias, poder ter a experiência da série no meu tempo sem ter que ficar paranóico com spoilers é muito mais prazeroso. Game of Thrones mesmo é um que eu parei de ver por desânimo da enxurrada de spoilers.

    Sobre Pânico, não sei se passa na TV não, pois a primeira temporada o Netflix liberou tudo de uma vez. Começou na segunda isso?